[vc_row type=”vc_default” full_width=”stretch_row” full_height=”yes” equal_height=”yes” parallax=”content-moving” parallax_speed_bg=”3″][vc_column][vc_single_image image=”6352″ img_size=”full” alignment=”center”][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]Ainda não sabemos o que os ingleses, ávidos consumidores de chá, pensam dessa moda, mas em algumas regiões da Ásia — China, Taiwan e Malásia –, a bebida tem sido servida com queijo. Não, ninguém acrescenta parmesão ralado à iguaria, o queijo utilizado ali é mais cremoso, tipo um cream cheese, que pode ser salgado ou não.

Quem provou garante que essa técnica inusitada confere ao chá mais consistência, deixando-lhe com textura de milkshake, além de potencializar o sabor das ervas usadas — tudo com um toque suave de queijo no fundo, claro.

Nos lugares onde a prática já é comum, o conselho é que a bebida não deve ser agitada antes do consumo, e o uso de canudinhos é igualmente desencorajado.

Servido quente ou frio, o chá de queijo chegou há pouco tempo em Nova York, por meio de uma loja especializada que abriu as portas na região de Queens.

Por enquanto não há informações de cafeterias e similares servindo a iguaria em território nacional.
[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]