[vc_row type=”vc_default” full_width=”stretch_row” full_height=”yes” equal_height=”yes” parallax=”content-moving” parallax_speed_bg=”3″][vc_column][vc_video link=”https://www.youtube.com/watch?v=OrIvzCFkExk”][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]Nesta quinta-feira, às 23h30, estreia no canal GNT “Primavera das Mulheres” (Doce Fúria), documentário de Antonia Pellegrino (blog #AgoraÉqueSãoElas) e Isabel Nascimento Silva (Hysteria, núcleo feminino da Conspiração Filmes) que remonta a eclosão do movimento feminista brasileiro no início dos anos 2000.
A produção é apresentada exatamente dois anos após a eclosão de uma ocupação simbólica (e física) de espaços que ficou conhecida como #PrimaveradasMulheres. A hashtag que empresta nome ao filme sinaliza o conjunto de debates, atos e campanhas online criados em torno dos direitos conquistados pelos movimentos feministas.
A narrativa é conduzida por depoimentos de quem viveu ativamente os acontecimentos do período analisado, seja organizando manifestações contra projetos que dificultam o aborto em caso de estupro, seja assumindo lugar de fala neste contexto. Entram na lista de entrevistadas a filósofa Marcia Tiburi, a cineasta Anna Muylaert, a pesquisadora Djamila Ribeiro, a transfeminista Amara Moira, a ativista Mano Miklos, do #AgoraÉQueSãoElas, e a criadora da campanha #MeuPrimeiroAssédio, Jules de Faria, entre outros nomes.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]