[vc_row type=”vc_default” full_width=”stretch_row” full_height=”yes” equal_height=”yes” parallax=”content-moving” parallax_speed_bg=”3″][vc_column][vc_video link=”https://soundcloud.com/nobelprize/bob-dylan-nobel-lecture”][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]Quase seis meses após ser escolhido como o vencedor do Prêmio Nobel de Literatura de 2016, Bob Dylan finalmente entregou o seu discurso de aceitação do prêmio. Na gravação de 27 minutos, ele fala que recebeu a notícia com surpresa e disserta sobre as principais obras literárias que influenciaram suas composições, que vão de “Robinson Crusoé” e “Viagens de Gulliver” à “Moby Dick”, “Nada de Novo no Front” e “Odisseia”. Em reportagem publicada pelo Nexo, José Orenstein disseca as referências citadas pelo cantor. Vale a leitura!
Saiba mais: Nexo [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]