[vc_row type=”vc_default” full_width=”stretch_row” full_height=”yes” equal_height=”yes” parallax=”content-moving” parallax_speed_bg=”3″][vc_column][vc_raw_html]JTNDaWZyYW1lJTIwc3JjJTNEJTIyaHR0cHMlM0ElMkYlMkZzbmF6enltYXBzLmNvbSUyRmVtYmVkJTJGMTA1NDMlMjIlMjB3aWR0aCUzRCUyMjEwMCUyNSUyMiUyMGhlaWdodCUzRCUyMjcwMHB4JTIyJTIwc3R5bGUlM0QlMjJib3JkZXIlM0Fub25lJTNCJTIyJTNFJTNDJTJGaWZyYW1lJTNF[/vc_raw_html][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]1- Benedito Calixto
As barracas de antiguidades fazem a felicidade do público desde os anos 1980. Aos sábados,a partir das 9h, discos, fotos, louças, bijuterias e objetos de decoração ficam à disposição. Deu fome? Não deixe de comer um pastel, vendido no centro da praça.

2- Kantuta
No Canindé, a feira boliviana ocorre todos os domingos. Passeando pela Praça Kantuta, o visitante encontra não só quitutes, como as suculentas empanadas e o chá feito com folha de coca, mas também bolsas e carteiras com os típicos tecidos coloridos do país.

3- Vão-livre do MASP
É um parque de diversões para adultos aos domingos, dia em que a Av. Paulista está fechada para os carros. Cerca de cem barracas de antiguidades são montadas das 9h às 17h. Curiosos encontram câmeras fotográficas, porcelanas e joias.

4- MIS
Vinis de rock, soul, jazz, MBP e metal misturam-se no encontro que acontece bimestralmente ou na R. Teodoro Sampaio 763 ou no MIS. Neste mês, rola no dia 22, das 12h às 19h, no museu. Dá para garimpar discos novos e usados e ainda trocar LPs em bom estado.

5- Parque da Água Branca
A Feira do Produtor Orgânico existe há mais de 25 anos. Ocorre às terças, sábados e domingos, das 7h às 12h, neste parque com cara de fazenda na Barra Funda. Os produtores fazem questão de explicar de onde vêm as hortaliças e os laticínios vendidos

6- Parque do Ibirapuera
No Modelódromo, reúne agricultores que vendem aos clientes legumes, verduras e frutas orgânicas: farm to table. Ocorre todos os sábados, das 7h às 13h. Vá com fome para desfrutar também do café da manhã

7- Parque Ceret
O Festival um Dia nas Arábias ocorre nos dias 22 e 23/4. Promove uma imersão árabe por meio da gastronomia, da moda, da música e dos costumes, como as tatuagens de henna. A ideia é que o projeto seja mensal e realizado em endereços diferentes.

8- Liberdade
Sinta-se no Japão (exceto, talvez, pela quantidade significativa de não japoneses) aos fins de semana, no bairro da Liberdade. Lá, expositores vendem yakissoba, origamis e mó-veis de bambu. E não deixe de provar o sor-vete frito, tão gostoso quanto calórico.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]